Hotel Vila Nova do Príncipe

Arquitetura

A união entre o passado e o presente confere um charme todo especial ao Hotel Vila Nova do Príncipe.

O casarão do Hotel Vila Nova do Príncipe possui uma arquitetura eclética. Ele teve a fachada principal reformada no início do século XX e reflete a estrutura adotada pelos demais imóveis da Praça da Catedral, formando um conjunto único, de beleza marcante. Na platibanda nota-se ornamentação característica destes imóveis, que realçava a importância e a riqueza do seu proprietário.

O interior era composto de quartos interligados, todos com portas de estilo colonial, de período anterior ao da fachada. A vasta sala de jantar hoje é a recepção.

Foram criados dois apartamentos no sótão. A área da antiga cozinha e dos cômodos externos, que datam de um período mais recente que o casarão, foram, igualmente, transformados em belos apartamentos na beira da piscina.

Tomando como ponto de partida a restauração e a adaptação do casarão a sua nova função de hotel, foi erguido um prédio contemporâneo e um pátio central com uma piscina aquecida e deck, que dialogam harmonicamente com a construção antiga e o seu entorno.

O Hotel tornou-se assim uma imersão na arte de viver brasileira, com suas referências coloniais, outras tantas da “roça”, outras que refletem a  influência da estética francesa na nossa cultura* e outras ainda contemporâneas.

Essa união entre o passado e o presente, entre o conjunto e o seu entorno, confere um charme todo especial ao Hotel Vila Nova do Príncipe.

* "A cultura francesa sempre esteve presente na história do Brasil, principalmente após a chegada da Missão Francesa em 1816. Mesmo não tendo sido a principal colonizadora do nosso país e não tendo exercido grande influência política ou econômica sobre o Brasil, a França contribuiu para a renovação das artes e para as mudanças dos nossos hábitos culturais e sociais, ajudando na construção da identidade brasileira. A França não dominou a economia do Brasil como a Inglaterra ou Portugal, mas foi responsável pela primeira colonização cultural do país, influenciando o comportamento das elites, determinando modelos de vida social e referências intelectuais, desde a filosofia até a moda, da gastronomia à literatura."

Telefones:

(77) 3454-4025 / 99917-7578 / 99129-6801

Praça da Catedral, 129 - Centro - Caetité, Bahia - CEP: 46400-000